como o estúdio está recriando Shadow of the Colossus

O estúdio Bluepoint Games é uma empresa especialista em recriar emoções. A equipe é notadamente reconhecida por entregar resultados consistentes em diversos remakes-remasterizações. Você provavelmente já se deparou com algum trabalho do estúdio.

Mas não pense que as atividades dos desenvolvedores é mais branda ou facilitada por estarem em contato com obras prontas. Reconstruir todo um projeto, mantendo a essência ao mesmo tempo em que oferecem mudanças é um desafio e tanto.

Com o lançamento de Shadow of the Colossus se aproximando, a Sony revelou um pouquinho dos bastidores de produção e adaptação do título, aproveitando para aprofundar na cultura da Bluepoint.

E com tantos bons retrospectos, os desenvolvedores estão em uma posição única, com o poder de decidirem em qual projeto vão trabalhar. Poucas empresas podem se dar este luxo. Isso se deve a todos os trabalhos já feitos e com cada um deles foi possível adquirir um tipo de experiência enriquecedora:

Definitivamente, aprendemos com cada um deles“, explica Peter Dalton, diretor técnico do remake de Shadow of the Colossus. “Do jogo original de God of War, vendo como certos problemas eram resolvidos, trabalhando com a tecnologia da Naughty Dog em Uncharted: The Nathan Drake Collection“.

Mas remasterizar um clássico não é fácil. Existem as tentações de tentar consertar algum erro ou fazer adaptações. Mas é importante não cruzar a linha da originalidade. Tão relevante como oferecer melhorias é ser respeitável com as produções terceiras.

Mark Skelton, diretor de artes, pontua algumas ocasiões e como lidou com elas: “(em Shadow of the Colossus) Em uma das áreas arborizadas percebi que havia uma cascata dupla que era conectada por uma seção em forma de U, o que não fazia muito sentido. De onde vinha a água?“, explica. “Coisas assim, nós asseguramos de que, se fizéssemos mudanças não haveriam grandes ramificações. Então, decidimos conectá-las a outra cachoeira de montanha que alimentava aquela cachoeira, que por sua vez alimentava estes dois“.

Skelton pontua que este tipo de mudança é importante e faz sentido, já que ainda preserva a obra original e não gera problemas. O que a Bluepoint quer mesmo é fazer o bem pelos fãs. Entregando um legado reconstruído, mas justo.

Para nós, criar um jogo como você se lembra é a missão mais importante que temos, independente de todo resto. Precisamos ter a certeza de que o jogo que você está jogando agora reflita o jogo do passado. Se não atingirmos este objetivo, então falhamos. – Randall Lowe, um dos testadores.

Shadow of the Colossus está agendado para chegar ao PlayStation 4 em 6 de fevereiro deste ano.

A história até aqui

A Bluepoint Games começou com o lançamento de Blast Factor e desde então percorreram um longo caminho. Veja alguns dos jogos que eles já trabalharam até agora:

  • Blast Factor (PS3)
  • God of War Collection (PS3)
  • The Ico & Shadow of the Colossus Collection (PS3)
  • Metal Gear Solid HD Collection (PS3, PS Vita)
  • PlayStation All-Stars Battle Royale (PS Vita)
  • Titanfall (Xbox 360)
  • Flower (PS4 e PS Vita)
  • Gravity Rush Remastered (PS4)
  • Uncharted: The Nathan Drake Collection (PS4)
  • Shadow of the Colossus (PS4)

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *