Hideo Kojima revela quais jogos o inspiram na criação de Death Stranding

O desenvolvimento de Death Stranding segue acelerado e impressionando, inclusive, os executivos da Sony. Parte deste avanço significativo se deve à cultura organizacional da Kojima Production, que segundo o seu fundador conta com uma estrutura diferenciada de desenvolvimento.

Em entrevista ao site dengekionline, Hideo Kojima explicou que a criação do seu novo jogo, de certa forma, é influenciada por outros dois exemplos de jogos e pela a maneira como os títulos independentes são criados. O produtor japonês revelou que o título Inside, da Playdead, e jogo móvel Framed 2 são duas inspirações para ele e sua equipe, já que são ótimas experiências, criadas por equipes de pequena escala.

E os impactos das obras não parece ser meramente uma citação. Segundo Kojima, o desenvolvimento de Death Stranding conta com um ambiente onde se é possível desenvolver um jogo onde tudo, desde a modelagem até a apresentação, seja trabalhada por poucas pessoas. Uma forma muito similar aos produtores independentes.

Ao ser questionado sobre quais jogos lançados/produzidos em 2017 o inspirou-motivo, Kojima pontuou que os jogos citados representam melhor suas motivações e enfatiza: “Nós preparamos um ambiente onde é possível criar um jogo onde tudo, desde a modelagem até a apresentação pode ser trabalhada por algumas pessoas, ou mesmo uma única. Está é uma era em que mesmos as dev indies podem fazer jogos que fazem o mundo olhar maravilhado. Meu pensamento se fortaleceu para tornar a Kojima Production como precursor de tal era“, declarou.

Talvez seja este o grande segredo do estúdio estar fazendo rápidos progressos no desenvolvimento de Death Stranding? Criar equipes pequenas, multifuncionais capazes de trabalharem em várias partes? Quem sabe…

Mais novidades do misterioso game da Kojima Productions serão compartilhadas em 2018.

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *