Por um bom motivo, Google anuncia o fim do Projeto Tango voltado para realidade aumentada

O Projeto Tango foi o pioneiro dessa grande febre que virou a realidade aumentada. A pretensão da Google era adicionar um hardware especial com câmeras diferenciadas e sensores 3D para mapear o mundo ao seu redor e criar, com grande precisão, um modelo do seu quarto, sala ou qualquer outro espaço, para interagir e criar jogos que envolvem todo o ambiente.

A mensagem pode parecer desanimadora, mas o final dela é extremamente esclarecedora: “estamos ansiosos para continuar a viagem com você no ARCore”.

O motivo da Google ter desistido do Tango é porque ele precisa de um hardware específico e mais caro. Isso acaba colocando dispositivos Tango em um outro nível que nem todos podem obter. Já com o ARCore que a Google anunciou este ano, a empresa consegue espalhar a realidade aumentada para vários dispositivos já vendidos no mercado e sem nenhum sensor adicional que deixaria o smartphone estranho ou mais caro.

Com o ARCore a Google quer colocar a realidade aumentada em qualquer lugar para competir com o também ambicioso plano da Apple que é o ARKit, além de tentar aumentar a competitividade do mercado, visto que a Microsoft também já possui planos ainda mais grandiosos para a realidade misturada, que une a realidade virtual com a aumentada.

Com todo o foco da Google agora voltado para o ARCore, devemos agradecer que a empresa tenha decido acabar com o Projeto Tango e dar total força para uma tecnologia mais barata, fácil e que pode alcançar um maior número de aparelhos e pessoas.

2018 será o ano em que a realidade aumentada e a virtual estará em todo e qualquer lugar! Então vamos ter muito o que falar ainda nos próximos meses.

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *