Mais segurana: smartphone usar blockchain para comunicao

E não é só a patente do Mastercard que deve usar transferência de dinheiro com blackchain. O Smartphone da Sirin Labs, o Finney, promete utilizar o mesma sistema de segurança das moedas virtuais: o blockchain. Segundo a fabricante, este será o equipamento mais protegido do mercado para mensagens e transações.

Isso significa que o Finney usará o sistema em que o bloco de informações serão armazenados em diferentes máquinas e constantemente comparados em cada uma das mudanças.

Com isso, é garantida a autenticidade das ações realizadas. Desse modo, o uso de moedas virtuais também será facilitado entre as plataformas, e o Finney usará o Status, que é considerada uma das melhores soluções sobre criptodinheiro do mercado.

O interessante é que o blockchain será usado também uma proteção a mais em diversos recursos do smartphone, não só nas transações financeiras e mensagens, mas sim qualquer tipo de recurso que pode ter informações vazadas poderão ser criptografadas sem deixar rastros se sendo totalmente segura.

O Finney deve chegar ao mercado em 2018 custando US$ 999, cerca de R$ 3.200. O elevado custo é compensado não só com a tecnologia de segurança, mas também com uma tela de 5.2 polegas, duas câmeras traseiras de 16 e 12 MegaPixels, 8 GB de memória RAM, armazenamento interno de 256 GB e um processador ainda não divulgada.

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *