CEO da Porsche admite que Tesla atraiu os clientes da montadora

O Tesla Model S é, sem dúvida, um dos mais incríveis e animadores automóveis dos últimos anos. Não apenas pelo seu número de prêmios ou a estúpida velocidade de 0 a 100 km/h em apenas 2,7 segundos, mas também a revolução que a empresa causou com o lançamento do carro elétrico e quase autônomo.

O sucesso da Tesla influenciou (negativamente) a montadora alemã Porsche. Atualmente a fabricante possui um modelo completamente elétricos o Mission E anunciado em 2015, um carro com especificações impressionantes, elétrico e com um preço de 85 mil dólares. A Porsche afirmou no mês passado que o Mission E terá autonomia de 500 km de distância por carga e vai atingir uma velocidade de 0 a 100 km/h em apenas 3,5 segundos.

Tudo está indo de acordo com o plano para a Porshe. O Mission E vai estar disponível em 2019, mas ainda assim o CEO da montadora, Klaus Zellmer, afirmou que os veículos da Tesla drenaram usuários que poderiam ter adquirido um carro da Porsche.

“Nós temos muito respeito pela Tesla – e sim, temos certeza que alguns consumidores da Porsche que em termos de conectividade, coisas digitais no carro e bateria elétrica nos veículos, não encontram no carro da Porshe o que eles queriam, então compram em outro lugar”, afirma Zellmer em entrevista a CNBC.

Enquanto o Mission E parece ser um sólido e forte competidor para o Model S, vai ser interessante ver a reação da Porsche em relação ao incrível Tesla Roadster, um carro extremamente futurista, com design incrível, completamente elétrico que consegue atingir insanos 0-100 km/h em apenas 1.9 segundos!

Por algum motivo desconhecido a Porsche acabou optando por cancelar o projeto da versão híbrida do Porsche 911, mas esperamos que a fabricante retorne em breve com maiores novidades, afinal, o mercado não pode ser liderado por apenas uma montadora.

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *