Autonomia do Google Pixel 2 XL | Teste de bateria oficial do TudoCelular

O Pixel 2 já passou por nossos testes de bateria e apresentou uma autonomia decente. Agora chegou a hora de conferir se o modelo maior, que traz 820 mAh extras, será capaz de oferecer um ganho considerável. Tenha em mente que o Pixel 2 XL tem 1 polegada a mais de tela, além de oferecer resolução superior comparado ao irmão menor. Tudo isso deve impactar no consumo.

O novo smartphone da Google oferece tela de 6 polegadas P-OLED com resolução Quad HD+ (2880 x 1440 pixel). Temos o chipset Snapdragon 835 com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. Para alimentar o aparelho, Google escolheu uma bateria de 3.520 mAh, que deve ser suficiente para um dia inteiro de uso.

O nosso teste é dividido em duas partes. O primeiro deles é de uso contínuo, que pode ser conferido no vídeo no início da matéria. O gráfico abaixo resume os resultados obtidos com o Pixel 2 XL.

Com uma carga de bateria é possível assistir vídeos por 13h27 ou gravar vídeos por 2h50. Para quem prefere realizar chamadas, o Pixel 2 XL rende 17h20 de ligações ou 3h56 de videochamadas pelo Skype. Os gamers podem esperar uma autonomia razoável com o aparelho, que consegue rodar jogos por 5h37.

A segunda parte do nosso teste consiste em simular um uso mais real, usando o aparelho o dia inteiro com vários apps e jogos. Em nossos testes seguimos a metodologia abaixo, usando o smartphone com as configurações padrão de fábrica e com o brilho de tela regulado em 200 lux (usando um luxímetro).

  • 6 minutos de navegação no site do Tudo Celular usando o Chrome, vídeos no YouTube, vídeo no MX Player, streaming no Spotify, músicas no PowerAMP, WhatsApp e jogos;
  • 4 minutos de chamadas via 3G;
  • 2 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps.

Ficamos com o Pixel 2 XL durante praticamente um dia inteiro em nosso teste de bateria para chegarmos aos resultados que você confere abaixo:

  • Foram necessárias 2 horas e 8 minutos para o carregador padrão (5V-3A e 9V-2A) encher totalmente a bateria de 3.520 mAh. Com meia hora conectado à tomada você consegue aproximadamente 36% de carga; após 1 hora temos 72% recuperado.
  • Após 15 horas e 48 minutos o aparelho apresentava 2% de carga, sendo suficiente para usá-lo por mais alguns minutos.
  • Durante o teste o Pixel 2 XL permaneceu com a tela ligada por 8 horas e 11 minutos.
  • Realizamos 11 ciclos completos de testes que incluíram:
    • 66 minutos de navegação no Chrome;
    • 330 minutos de WhatsApp, Spotify, Music Player, Video Player e YouTube (66 minutos cada);
    • 66 minutos de jogos (Pokémon Go, Subway Surfers, Modern Combat 5, Injustice, Asphalt 8, Candy Crush Saga);
    • 66 minutos de Facebook, Gmail e Google Maps (22 minutos cada);
    • 44 minutos de chamadas de voz conectado às redes móveis;
  • A temperatura permaneceu entre 27 e 35°C na maior parte do teste.
  • O consumo em stand-by ficou próximo a 1% a cada hora percorrida.
  • O app que mais consumiu foi o Spotify.
  • O que menos consumiu foi o Gmail.

O Pixel 2 XL rendeu dois ciclos a mais comparado ao Pixel 2. Em tempo de tela tivemos uma diferença de mais de 1 hora. Considerando que o modelo maior entrega 820 mAh extras, era esperado ver uma diferença superior entre os dois, mesmo considerando o tamanho de tela e resolução superior no XL.

De qualquer forma, o smartphone da Google é capaz de passar um dia inteiro longe da tomada. Se você o tirar de 7h da manhã da tomada ele só irá descarregar próximo da meia-noite. Em um uso mais leve, sem jogos, o Google Pixel 2 XL é capaz de render até o início da manhã seguinte, mas não espere alcançar dois dias de uso facilmente com o aparelho.


8/11/2017 – 22.59

Iremos atualizar a matéria com os dados apurados em nosso teste. Agradecemos a todos que acompanharam o teste durante o dia. Até a próxima! o/


8/11/2017 – 20.59

O Pixel 2 XL exibe o seu primeiro alerta de bateria fraca ao chegar aos 15%. Ele ofereceu ativar o modo economia de energia, mas deixaremos o aparelho no modo padrão. 


8/11/2017 – 16.52

Sétimo ciclo encerrado e o Pixel 2 XL segue com 39% de bateria. Talvez seja possível executar mais três ciclos completos, o que o colocaria 1 ciclo acima do Pixel 2. Até o momento temos quase 10 horas de teste com 5 horas de tela ligada. 


8/11/2017 – 16.17

Injustice 2 é o jogo mais pesado usado em nosso teste, mas não o maior vilão de bateria no Pixel 2 XL. Ele acaba ficando abaixo do Modern Combat 5 e Pokémon Go e Asphalt 8. 


8/11/2017 – 14.01

Chegamos ao final do quinto ciclo e mais uma vez com perda de 10%. Até agora temos 7 horas de teste com 3 horas e meia de tela ligada. O Spotify  ocupa o topo na lista de consumo, seguido pelo PowerAMP e YouTube. 



8/11/2017 – 12.15


8/11/2017 – 10.49

Modern Combat 5 também apresenta uma autonomia de 5 horas no Pixel 2 XL. No entanto, diferente do Asphalt 8, este jogo da Gameloft roda com média de 59 FPS. 


8/11/2017 – 09.32

Chegamos ao final do segundo ciclo com 86% de bateria. O Pixel 2 XL apresentou um consumo de 8% nesta rodada. Veremos se o aparelho mantém este padrão nos próximos ciclos. O Chrome perdeu o trono na lista de consumo e caiu para a quarta colocação, sendo substituído pelo PowerAMP. 


8/11/2017 – 09.16

Para aqueles que curtem Asphalt 8, é possível jogar o game de corrida da Gameloft por 5 horas com uma carga de bateria no Pixel 2 XL. Infelizmente, o jogo vem travado para rodar a 30 quadros por segundo. 


8/11/2017 – 08.35

Após 30 minutos parado, o Pixel 2 XL segue para o segundo ciclo. Ele não apresentou nenhum consumo além do normal em stand-by, mantendo os mesmos 94% do final da rodada anterior. 


8/11/2017 – 08.03

Terminamos a primeira rodada com o Pixel 2 XL. Smartphone da Google devorou 5% de bateria no primeiro ciclo. Até o momento o maior vilão de bateria é o Chrome, seguido por serviços de streaming como YouTube e Spotify. Esta ordem deve mudar até o final do nosso teste. 


8/11/2017 – 07.27

O Pixel 2 XL permite usar gesto de pinça para ajustar vídeos do YouTube em sua tela 18:9. Isso acaba cortando uma parte do vídeo, mas evita aquelas barras pretas nas laterais. 



8/11/2017 – 06.59

Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *